Adaptações notáveis

Estava eu esses dias olhando alguns blogs e vi esse post no blog Bioconnection. Achei muito interessante essa história dos fungos encontrados em Chernobyl e que usavam a radioatividade como fonte de energia. E, assim como a clorofila das plantas usa a luz solar para realizar a fotossíntese, provavelmente esses fungos negros usam a melanina para converter a radioatividade em energia. Seria uma adaptação, devido as condições críticas do local onde esses fungos vivem? Acho que a pesquisa que está sendo feita deve dizer alguma coisa.

Eu achei isso uma coisa extraordinária, uma adaptação excelente. Mas isso é muito mais comum do que parece. Muitos seres vivos desenvolvem adaptações um tanto curiosas para sobreviver no local onde vivem. Separei 3 que eu achei muito legais:


  • LESMA QUE REALIZA FOTOSSÍNTESE
Esse molusco aí do lado, a Elysia chlorotica, se alimenta de algas por muito tempo, na sua fase juvenil, e com o tempo começa a realizar fotossíntese, como as plantas!

Ao se alimentar das algas, a Elysia pega para si os plastídios e, juntamente com um gene que ela possui, típico de vegetais e que age no processo fotossintético (o PsbO), começa a produzir seu próprio alimento.

A forma de seu corpo é todo adaptado a captar a maior quantidade de luz possível, fazendo com que essa lesma-do-mar pareça mesmo com uma folha.

  • ANIMAIS QUE NÃO UTILIZAM OXIGÊNIO PARA RESPIRAR
Esses animaizinhos, classificados como Locíferos, foram encontrados no Mar Mediterrâneo, a 3 km de profundidade. Ambiente totalmente sem oxigênio e que se achava que somente microorganismos pudessem viver ali. Mas esses bichinhos de 1 mm supreenderam muito com essa sua adaptação para vivem em local tão inóspito.

Eles "dispensaram" suas mitocôndrias, estruturas que utilizam o oxigênio em seus processos, para conseguirem vivem em um lugar sem a presença desse gás.

Dessa forma, seu metabolismo utiliza os compostos químicos do lugar em vez do oxigênio que nós, humanos, utilizamos.
  • PLANTAS CARNÍVORAS
Elas são muito conhecidas, muita gente tem em casa e eu acho muito interessante o porquê delas serem carnívoras.

O que acontece é que, naturalmente, essas plantas vivem em solos pobres, encharcados e rochosos, com baixa disponibilidade de compostos nitrogenados para a planta absorver.

Por isso ela desenvolveu um mecanismo de atração de insetos para dentro de suas folhas modificadas, que secretam uma substância doce (para atrair) e grudenta. O inseto pousa ali e fica preso. Mecanicamente a planta se fecha e lança enzimas digestivas que vão dissolver o inseto, possibilitando, assim, que o vegetal consiga os compostos ricos em nitrogênio que ela tanto precisa e que o solo não possui.


É isso, são muitos os casos de adaptações que a natureza apresenta, ainda posto mais alguns aqui. Espero que tenham gostado desses.

Até...

____________________________________
Fontes:
A lesma que roubava genes
Descobertos organismos que passam a vida sem oxigênio no fundo do mar
Italianos descobrem animal que vive em água sem oxigênio

Adaptações notáveis Adaptações notáveis Reviewed by Túlio Lima Botelho on 23:19 Rating: 5

Nenhum comentário: