Leopardo, o mascote da Copa do Mundo 2010

Copa do Mundo está aí, a primeira realizada na África e durante um mês o mundo inteiro está com os olhos voltados pra lá. Além dos jogos, uma coisa que atrai a atenção é a vida que existe nas savanas e outros locais da África do Sul. E um animal que está se destacando é o leopardo (Panthera pardus), que virou o mascote da Copa, o simpático Zakumi.
Ele simboliza a África do Sul e todo o continente africano por meio da sua autoestima, orgulho, hospitalidade, habilidades sociais e grande coração. E o leopardo? Quais as características desse bicho?

Eles tem uma alimentação bastante variada, desde pequenos escaravelhos a grandes mamíferos, como antílopes. Como eles vivem em vários tipos de vegetações, a alimentação pode variar conforme o ambiente: em florestas, primatas e roedores; nas savanas, grandes animais de pasto. Para esconder sua comida, às vezes ele a guarda em cima de árvores.

Por falar em árvores, eles são ótimos escaladores, passando horas do dia descansando em algum galho.

Os filhotes, quando nascem, tem cerca de 0,5-1 kg e são amamentados durante 3 meses, quando começam a comer as caçadas e praticar perseguições. Há muitas lutas para brincar e se preparar para a vida adulta. Com cerca de 1 ano e meio, os jovens leopardos deixam a mãe e vão constituir seus próprios territórios.

O leopardo é um ótimo caçador noturno e a história de seu nome é bem curiosa: a certa altura se pensava que ele era um cruzamento entre um leão e uma pantera (conhecida antigamente como pardo). Mas hoje sabe-se que ele é uma espécie distinta, e não o cruzamento de duas diferentes.

Esse é o leopardo, animal que inspirou o Zakumi. Agora é só se ligar na África e nos jogos, fazendo aquela bagunça com as vuvuzelas e torcer pelo Brasil!

Leopardo, o mascote da Copa do Mundo 2010 Leopardo, o mascote da Copa do Mundo 2010 Reviewed by Túlio Lima Botelho on 21:59 Rating: 5

Nenhum comentário: