Flor-do-Natal

Natal chegando e a correria de compras está aí. Além disso, muita gente quer fazer uma decoração bonita para sua ceia e usa, entre tantos enfeites, a flor-do-natal.


A tradição de usá-la em decorações natalinas se deve ao fato dessa planta florescer exatamente no solstício de inverno do hemisfério Norte (por isso essa planta não é muito identificada com o Natal no Brasil, embora ela já seja muito usada).

Uma curiosidade dessa planta é que o que se pensa serem as flores (a parte vermelha), na verdade são brácteas modificadas que, por terem uma coloração bastante vistosa, atraem os polinizadores (aves e insetos). As flores na verdade são as estruturas que estão no centro.


Também conhecida como rabo-de-arara, papagaio, cardeal, estrela-do-natal, poinsétia e bico-de-papagaio, a flor-do-natal (Euphorbia pulcherrima) exige cuidados em seu manuseio, já que seu látex pode causar irritação nos locais onde entra em contato e outros sintomas no caso de ingestão (aumento da salivação, dificuldade de deglutição, náuseas, vômitos) e lesões na córnea em caso de contato com os olhos.

Mas em raríssimos casos ela pode levar à morte, somente com a ingestão de algumas centenas de folhas. Em caso de acidentes com ela, deve lavar o local com água corrente e procurar um médico, levando consigo a planta ou saiba identificá-la ao médico, para que ele faça o tratamento adequado.

Então nesse Natal, se for usar esta planta na decoração, use luvas durante o manuseio para que não estrague a festa. Lembre-se do verdadeiro sentido desta data e tenha um FELIZ NATAL!
Flor-do-Natal Flor-do-Natal Reviewed by Túlio Lima Botelho on 16:20 Rating: 5

Nenhum comentário: