A Mendel o que é de Mendel

Hoje vi no Google esse Dodle muito legal e tive que postar aqui alguma coisa sobre ele.


Ele é especial ao aniversário de Gregor Mendel, o pai da Genética. Todo mundo lembra da célebre experiência do monge austríaco com as ervilhas que permitiram a ele escrever suas duas leis sobre a segregação e transferência dos genes.

De início, ele não foi muito levado a sério, a ponto de suas pesquisas serem deixadas um pouco de lado, até que elas foram redescobertas e o mundo pode conhecer toda a pesquisa desse homem que impulsionou a biologia de forma inimaginável.

As contribuições das pesquisas de Mendel são várias, presentes em praticamente todas as áreas da biologia moderna.

Primeiramente o conhecimento sobre o comportamento dos genes durante a segregação permitiu que as pesquisas sobre genética se desenvolvessem cada vez mais. Hoje em dia, a Engenharia Genética é uma das áreas mais promissoras, onde são desenvolvidos de tudo: desde medicamentos até alimentos.

Além disso, os estudos de Mendel permitiram preencher algumas da lacunas deixadas por Darwin em sua teoria da evolução. A partir de então, pode-se entender que as características que eram selecionadas pela Seleção Natural era passadas dos pais para os filhos através do genes e pode-se prever seu comportamento e os padrões da distribuição de genes numa população (Quem lembra do Teorema de Hardy-Weinberg?).

Análises de DNA também são usadas na taxonomia, testes de paternidade, vacinas entre outros.

Definitavamente, as possibilidades que a Genética tem hoje são praticamente infinitas, todos os dias novas pesquisas mostram o quanto esse mundinho presente na célula é impressionante; sempre se descobre cada vez mais. E pensar tudo isso começou com as pesquisas de um monge na horta de sua casa, com algumas ervilhas verdes e amarelas, com sementes lisas ou rugosas. 
A Mendel o que é de Mendel A Mendel o que é de Mendel Reviewed by Túlio Lima Botelho on 21:22 Rating: 5

Nenhum comentário: