A vida sem os ecossistemas

Para algumas pessoas, sobretudo as que moram em grandes cidades, a natureza é algo que está muito distante delas, observado apenas quando eles vão até alguma fazenda ou num zoológico. O que eles não sabem é que a natureza está ao lado de todos, todo o tempo, mesmo que não seja facilmente percebida.

Além de também fazermos parte da natureza, tudo o que é utilizado no dia a dia vem dela de alguma forma: alimentos, roupas, materiais para construção. Vivem sem os serviços que a natureza e os ecossistemas prestam é impossível. A espécie humana é totalmente dependente deles.

No entanto, aquelas pessoas que acham que a natureza está muito distante delas também agem muito para sua destruição. A pesca excessiva esgota as reservas de peixes dos oceanos, a introdução de espécies exóticas afugenta espécies nativas prejudicando a polinização e outras funções que florestas e outros ecossistemas desempenham no controle do clima.

Se essa tendência de destruição continuar, as consequências serão desastrosas para todos. A humanidade, altamente dependente, sofrerá de diversas formas. As populações de países subdesenvolvidos serão as primeiras, já que faltam recursos para alimentação, saúde e moradia; não existirão recursos para tentar contornar algum problema ambiental iminente.

Os países ricos também sentirão a crise, mais cedo ou mais tarde. Mesmo com recursos para se proteger, esses países precisam de alimentos produzidos em outros países e essas importações não chegarão mais. Os efeitos do clima também serão sentidos neles e muita gente sofrerá também.

É assustador essa realidade, mas é a tendência do que pode acontecer. A dependência que temos dos ecossistemas mostra que se alguma coisa acontecer com eles, só desgraças irão ocorrer com a humanidade. Sem eles, não existirão alimentos, material para moradias, tecidos. Mesmo os produtos sintéticos precisam de alguma coisa natural, por menor que seja essa fração.

Para acabar com esse cenário, deve ser feito o que já é muito falado, mas muita gente ainda não prestou atenção: controlar emissões de poluentes, barrar o desmatamento, respeitar os oceanos, agir sustentavelmente. Não é proibido utilizar os recursos da natureza, mas isso deve ser feito com todo o respeito e cuidado, pois se ela acabar, provavelmente não duraremos muito.

PENSE NISSO!
A vida sem os ecossistemas A vida sem os ecossistemas Reviewed by Túlio Lima Botelho on 18:47 Rating: 5

Nenhum comentário: