Espécie do mês - Estrela-da-terra

Os fungos são seres que sempre me fizeram querer saber mais sobre eles. Ficam ali, paradões na umidade; característica que fez com que pensassem que fossem plantas. Mas eles são heterótrofos e compartilham outras características comuns aos animais. Só que os fungos não são uma coisa nem outra, sem planta nem animal, formando um grupo próprio - o Reino Fungi - e com funções ecológicas importantíssimas.

Esse grupo abriga espécies de todas as formas - das microscópicas aos clássicos cogumelos - e, numa pesquisa na internet sobre fungos brasileiros, descobri uma espécie com forma corporal bem diferente dos fungos que vemos por aí. Por isso, ela é a espécie do mês de agosto: o Geastrum sp., ou estrela-da-terra.

Estrela da terra

Esse gênero de cogumelos ocorre em matas preservadas, principalmente sobre matéria orgânica morta. Vivem tanto solitários quanto em grupo, levando um modo de vida sapróbio (decompondo a matéria morta para obter alimento). Essa espécie não é utilizada na alimentação, por possuir um gosto amargo. No Brasil já foram encontrados em vários lugares, como no Rio Grande do Norte, Pernambuco e Brasília. 

Sua principal característica é a forma peculiar da abertura de seu corpo de frutificação em forma de estrela, daí seu nome estrela-da-terra (earthstar). Essa forma deve-se ao acúmulo de oxalato de cálcio imediatamente antes da abertura do corpo de frutificação (deiscência). É como se fosse um botão de rosa: só veremos este aspecto de estrela quando o fungo "desabrocha", exibindo a estrutura interna em forma de ovo (onde estão os esporos).

Esses esporos são dispersos por diversos agentes, como o vento, gotas de chuva e animais. Já foram identificados algumas espécies de pequenos besouros que fazem este serviço de dispersão dos esporos da estrela-da-terra. Para facilitar essa dispersão, em algumas espécies deste gênero os "braços" que formam a estrela se erguem para deixar o basidiocarpo (a parte oval onde estão os esporos) mais alta em relação às redondezas, para que nada atrapalhe a dispersão dos esporos que sairão do basidiocarpo. Esses esporos, quando amadurecem, formam uma massa marrom que, quando encontram um local favorável, são início a um novo indivíduo. Na imagem abaixo, é possível reparar os basidiocarpos elevados em 7 espécies do gênero Geastrum.

Setes espécies de estrelas-da-terra. Todas apresentam características semelhantes, como a forma estrelada e o basidiocarpo elevado. O fungo número 8 é um Sphaerobolus stellatus, parecido com as estrelas, mas pertencente a outro gênero. Encontrado no Brasil em esterco bovino. Fonte: Identificação de Fungos.
Espécie do mês - Estrela-da-terra Espécie do mês - Estrela-da-terra Reviewed by Túlio Lima Botelho on 14:00 Rating: 5

Nenhum comentário: