Reflexões em uma noite de apagão

Quando criança eu sempre me empolgava quando faltava luz em casa, principalmente quando isso acontecia a noite. Mudava a rotina da casa, onde todo mundo tinha que parar o que estava fazendo e buscava algo para fazer enquanto a energia não voltava. O pessoal logo procurava as velas e lanternas e reuniam-se para conversar:  família, vizinhos, amigos. Por morar numa cidade pequena, eu quase sempre ia pra rua ver como tudo estava, iluminado apenas pelos farois dos carros e fazendo bagunça com os amigos. Hoje em dia pode não haver a mesma festa quando acontece um apagão, mas momentos como esse ainda me fazem pensar na vida. Talvez por não ter muitas opções de coisas a fazer.


E em toda essa reflexão que acontece nesses momentos, um assunto que pode aparecer nas melhores famílias é o quanto somos dependentes da eletricidade. Como ficamos sem TV, computador e outros eletrodomésticos, parece que a hora não passa, não temos muitas opções do que fazer. Ainda mais quando enfrentamos esses momentos sozinhos. 

Tá, mas o que um simples apagão tem a ver com biologia e meio ambiente? Tem a ver que em momentos como esse nós percebemos que, no ponto em que a sociedade humana está, não conseguimos viver sem eletricidade. Pelo menos sem mudar nosso modo de vida. A demanda cresce a cada dia. E, com a crescente demanda, vem a necessidade de aumentar a geração de energia elétrica. São Belo Montes sendo construídas para atender as necessidades energéticas do país.

Mas, como todos sabem, os impactos vindos de fontes geradoras de energia podem ser muitos, variando do tipo de geração que está sendo utilizado. Infelizmente as mais utilizadas, como as hidrelétricas e as termelétricas são as que mais agridem o meio ambiente, seja na emissão de gases estufa ou na inundação de florestas.

Por esses motivos é muito importante o investimento em energias sustentáveis, que agridam o mínimo possível o meio ambiente. Não conseguimos viver mais sem ela, porém se não mudarmos nossa matriz energética, talvez não tenhamos um planeta bom para se viver. E com isso, podemos ficar sem a tão cobiçada energia um dia. É questão de dedicação e vontade de mudar. Pode parecer difícil, mas, como sempre, é a melhor alternativa.

Pare para pensar nessa dependência e veja o quanto ela é séria e como é possível mudar hábitos para contornar essa situação. E, num próximo apagão, reserve também um tempo para admirar as maravilhas do céu noturno. Se você mora num lugar com pouca poluição atmosférica, esse é um ótimo momento para observar as estrelas, a lua e alguns planetas. Aproveite esse tempo, admirando essas maravilhas, para se reconectar com a natureza, observando toda sua imensidão e percebendo o respeito que ela merece.
Reflexões em uma noite de apagão Reflexões em uma noite de apagão Reviewed by Túlio Lima Botelho on 13:00 Rating: 5

Nenhum comentário: