Dica de leitura - A Origem das Espécies (Charles Darwin)

Há 205 anos, nascia na Inglaterra Charles Darwin. Dentre os inúmeros trabalhos que publicou, sem dúvida um se destaca pela revolução que causou no modo das pessoas pensarem de onde elas vieram: A Origem das Espécies.

Darwin começa esse livro mostrando como as variações entre indivíduos estão presentes dentro das espécies, seja na natureza ou nas seleções que o homem faz com suas criações. Essas pequenas variações, quando acumuladas no decorrer do tempo podem fazer com que surjam "novidades" nessas espécies.

Uma característica nova que possibilite uma amplitude maior de habitats ocupados, ou que restrinja os indivíduos a regiões menores são características importantes que surgem e que são decisivas na luta pela sobrevivência. Quando fala desse assunto, o autor mostra que os seres vivos estão eternamente envolvidos numa luta pela vida. E cada "arma" que eles possam ter é essencial para sua vitória. Essas armas são essas características que eles desenvolvem, que vão permanecer ou não na espécie pela ação da seleção natural.

Essa é a grande chave desse trabalho. Na luta pela sobrevivência, apenas os mais aptos a suportarem as pressões do meio irão continuar vivos, passar suas características para a geração seguinte e garantir a sobrevivência de sua espécie. A partir desse princípio, Darwin mostra que todos os seres vivos passam por esse processo, as alterações vão surgindo na espécie e continuam ou não presentes se o indivíduo sobreviva; se essa alteração o tornar apto a determinada situação em determinado momento.

Definida a seleção natural, o livro ainda aborda as leis de variação, mostrando como elas podem surgir nos organismos,como, por exemplo, pelo uso e desuso. Darwin ainda mostra muitas situações dos seres vivos que com certeza vieram de uma longa composição de caracteres selecionados: o instinto e comportamento diversos.

Embora na época os estudos de Mendel sobre genética ainda não tinham sido divulgados, Darwin já sabia que algo ligado à reprodução permitia a transmissão das variações, hibridismo e outros assuntos relacionados. Por fim, o livro fala da distribuição geográfica dos seres vivos, deixando claro que o lugar onde eles vivem hoje está claramente relacionado com sua capacidade de adaptação e migração em épocas remotas.

Polêmico e com uma linguagem difícil, A Origem das Espécies é um livro de leitura obrigatória para todos aqueles que se interessam por evolução. Afinal, a partir dessa obra deu-se início a uma série de estudos nesse campo da Biologia, mostrando que todos os seres vivos descendem de um ancestral comum.
Dica de leitura - A Origem das Espécies (Charles Darwin) Dica de leitura - A Origem das Espécies (Charles Darwin) Reviewed by Túlio Lima Botelho on 17:33 Rating: 5

Nenhum comentário: