Estamos no vermelho

Há um mês, o planeta Terra opera no vermelho. Em 19 de agosto, a humanidade esgotou os recursos naturais disponíveis para o ano de 2014. Tudo o que for gasto desse dia até o fim do ano será matéria-prima que o planeta não conseguirá gerar, sobrecarregando as reservas naturais que existem.


Por isso, o dia 19 de agosto é considerado o Dia da Sobrecarga da Terra (Earth Overshoot Day, em inglês), o dia em que a humanidade usou todos os recursos naturais que o planeta havia produzido para um ano. Esse cálculo é feito anualmente pela Global Footprint Network (GFN), uma organização internacional pela sustentabilidade. Para realizar o cálculo dessa data, a GFN leva em conta os recursos produzidos naturalmente e aqueles que a humanidade utiliza em suas atividades. A diferença entre eles evidencia a "pegada ecológica" da humanidade sobre o planeta.

Em 2014, a humanidade esgotou o que ela podia usar em meados de agosto. E essa data só vem chegando mais cedo. No primeiro cálculo, em 2000, o Dia da Sobrecarga da Terra foi em 5 de outubro. E a tendência é que ela continue adiantando cada vez mais caso não haja uma mudança urgente de comportamento.

Segundo esse cálculo, a humanidade precisa de 1,5 planetas Terra para produzir toda a matéria-prima de suas atividades na atual pegada ecológica. Estima-se que, segundo as atuais demandas por alimento e energia, até a metade do século sejam necessárias 3 Terras para suprir as necessidades da espécie humana. Isso é fisicamente impossível!

A única solução é uma urgente e inevitável mudança de hábitos de todos as pessoas. Reduzir o consumo de energia, buscar uma alimentação saudável, vinda de fontes orgânicas, destinar corretamente o lixo, reciclar aqueles que podem ter essa destinação e todas aquelas formas de viver de forma mais sustentável e menos agressora ao nosso planeta.

Uma forma de você saber exatamente quantas Terra são necessárias para suprir suas necessidades e poder avaliar onde é mais necessário que você reduza seus gastos, é no cálculo da pegada ecológica. Você pode fazer isso agora mesmo, clicando neste link.


O cálculo da pegada ecológica (seja de uma pessoa, cidade ou país) mede a quantidade de recursos naturais biológicos renováveis que está sendo utilizado e se esse consumo está dentro da capacidade ecológica do planeta, ou seja, da biocapacidade (eficiência dos ecossistemas em produzir recursos úteis e absorver os resíduos gerados pelo ser humano).

Faça o teste e descubra no que você mais precisa mudar. Na tendência atual,o planeta não dará conta de suportar a humanidade. Nesse ritmo, a qualidade de vida ficará pior a cada ano. Essa não é uma realidade que queremos. Para que ela não se concretize, tudo depende de nós mesmos...
Estamos no vermelho Estamos no vermelho Reviewed by Túlio Lima Botelho on 14:00 Rating: 5

Nenhum comentário: