Luzes no mar

Como vimos, a bioluminescência é uma característica presente em diversos seres vivos, que emitem luz em várias ocasiões. Essa luz fria é originária de reações químicas que ocorrem no corpo desses organismos, onde a enzima luciferase oxida uma proteína, a luciferina. Essas reações liberam fótons, gerando a luminosidade que todo mundo observa.


Se existe um ambiente onde a bioluminescência é marcante, é o ambiente marinho. Estima-se que, dos 700 gêneros de seres bioluminescentes conhecidos, 80% vivem nos mares e oceanos. Podemos começar falando das algas. Diversas espécies desse grupo de organismos microscópicos emitem sua luz, como esses da imagem acima. São elas que provocam esse efeito de mar iluminado durante a noite, que muitas vezes atraem animais até a costa. Moluscos, cnidários, peixes, bactérias, vermes e crustáceos também emitem luz.


Na primeira imagem, a luz é azul. No ambiente marinho, além dessa cor, os seres bioluminescentes emitem ainda verde, violeta, amarelo e laranja. Sem falar de outras frequências do espectro de cor, imperceptíveis ao olho humano.

No oceano, a bioluminescência assume diversas funções. Ela atua na proteção contra predadores, quando um animal, com a luz que emite, pode confundir o predador que está nadando abaixo dele, criando uma ilusão de óptica de que não há nada acima (isso é chamado de contrailuminação). Moluscos lançam nuvens luminosas que confunde quem os ameaça.

Na reprodução, brilhos sincronizados permitem a identificação de parceiros na escuridão abissal. E falando em escuridão abissal, nesses lugares é muito difícil para um peixe conseguir alimento, pois a maioria dos seres habita a zona eufótica (iluminada e próxima à superfície). Porém, a natureza deu um jeitinho. Várias espécies (como os peixes víbora) possuem uma lampadazinha bioluminescente que atrai presas desavisadas, que viram almoço. Com certeza você se lembra da cena em Procurando Nemo, quando Marlin e Dory encontram um desses peixes.


Nesse vídeo,você pode observar imagens e outros animai bioluminescentes, vale a pena dar uma conferida:


Gostou da bioluminescência e quer saber mais? Recomendo o site do Laboratório de Sistemas Bioluminescentes, da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Lá você encontrará ótimas informações.
Luzes no mar Luzes no mar Reviewed by Túlio Lima Botelho on 11:24 Rating: 5

Nenhum comentário: