Espécie do Mês - Saúvas

Elas estão por todos os lados. Mesmo que você não as veja, elas estão ali, convivendo com você. Não é segredo para ninguém que as formigas estão por toda parte. Com exceção dos pólos, elas se distribuem por todos os ambientes da Terra, se especializando a viver de diversas maneiras.

Um grupo em particular destaca-se por ser agricultor. As formigas incluídas nele cultivam um fungo em seus formigueiros e ele será seu alimento. Um gênero bem conhecido que faz isso é o Atta, em que estão agrupadas as saúvas.

Saúvas
"Atta.cephalotes.3" por Sarefo - Obra do próprio. Licenciado sob CC BY-SA 3.0 via Wikimedia Commons.

O gênero Atta compreende numerosas espécies que se distribuem pela América, numa área 40° acima e abaixo da linha do Equador. Cada casta possui uma constituição corporal diferente, variando seu tamanho. A casta das cortadeiras, que sai e busca de folhas, alcança 5 mm de comprimento; os soldados, que defendem o formigueiro, 1,2 cm; as jardineiras, que cuidam do fungo cultivado, apenas 2 mm. a rainha é a maior delas, alcançando 2,3 cm.

Como já foi falado, essas formigas alimentam-se de um fungo que é cultivados em câmaras internas do formigueiro pelas jardineiras. Todas as folhas que as cortadeiras coletam são levadas para ser substrato desse fungo, que quebra as substâncias presentes nas folhas e que esses insetos não conseguem digerir. Foi observado que algumas formigas defecam nessas folhas antes de entregá-las ao fungo, pois enzimas presentes nas fezes iniciam a degradação das folhas, facilitando o trabalho para o fungo. Pesquisas indicam que essas enzimas são originárias desse fungo, que não são degradadas pelo trato digestivo das formigas.

Fungo cultivado pelas saúvas
Fungo cultivado pelas saúvas

Na primavera, saem dos sauveiros com mais de três anos de idade uma revoada de içás (ou tanajuras) e bitus. Respectivamente fêmeas e machos, eles partem para o voo nupcial onde ocorrerá a fecundação. Após isso, os machos morrem e as fêmeas vão buscar um local para a escavação do novo formigueiro. Ela cava uma pequena câmara onde começará a pôr os ovos e ali ela deposita uma porção milimétrica de fungo que ela trouxe de seu "formigueiro natal". O fungo é adubado com o líquido fecal da içá e aos poucos ele começa a crescer. Após um tempo, as primeiras cortadeiras vão para o mundo exterior em busca de folhas e o formigueiro só aumenta em tamanho.

Ele terá várias câmaras, cada uma destinada a uma finalidade. Existe a câmara da rainha, a do fungo, o berçário e o "depósito de lixo", onde vão restos alimentares e cadáveres. Interessante notar que a câmara de lixo é longe da câmara do fungo, sinal da preocupação das formigas em proteger seu alimento.


No Brasil existem 10 espécies e 3 subespécies de saúvas, sendo 6 de importância econômica. Elas são consideradas pragas, principalmente na agricultura, onde podem destruir lavouras inteiras. No entanto, elas não são apenas "ruins". As formigas em geral são ótimas para o ambiente, pois ajudam a revolver o solo, proporcionando maior aeração e atuam na sua fertilidade, já que levam muito material orgânico para o subsolo. 
Espécie do Mês - Saúvas Espécie do Mês - Saúvas Reviewed by Túlio Lima Botelho on 15:00 Rating: 5

Nenhum comentário: