Espécie do Mês - Preguiça-de-coleira

Ela é lenta, movendo-se vagarosamente pelas copas das árvores da Mata Atlântica. Possui uma carinha que lembra uma expressão feliz, como se ela estivesse sorrindo. Muita gente, por ser preguiçosa, recebe seu nome. É claro, hoje falaremos da preguiça-de-coleira (Bradypus torquatus).

Preguiça-de-coleira

Também chamada de bicho-preguiça, preguiça-preta, aí-igapó, aipixuna, aí-pixuna, a preguiça-de-coleira recebe esse nome por apresentar, ao redor do pescoço, a pelagem mais escura, como se fosse uma coleira. Ela habita a faixa de Mata Atlântica do sul da Bahia, Espírito Santo e Rio de Janeiro.

De porte médio, ela alcança de 3 a 7 kg e até 50 cm. Apresenta três dedos com garras que usa para agarrar-se às árvores e locomover-se entre elas. Machos e fêmeas são muito semelhantes. Possui um ritmo muito lento, levando um dia todo para percorrer um trecho de poucos metros. Essa espécie dorme, em média, 14 horas por dia e faz suas necessidades fisiológicas a cada 7 dias. É um dos poucos momentos em que ela desce da árvore onde vive, fazendo as necessidades  junto ao pé da árvore de que está se alimentando.

As preguiças alimentam-se de folhas e cipós das matas onde habitam. Uma de suas árvores preferidas é a embaúba. Pode incluir frutos em sua dieta.

De hábitos solitários, só é observada com outros indivíduos na época da reprodução e quando a fêmea ainda está cuidando dos filhotes. Quando está em busca de um macho, a fêmea emite um som agudo e penetrante, que atrai o macho. Caso sinta-se ameaçada, dá outro sinal. No final da gestação, nasce apenas um filhote, que ficará agarrado na mãe até o fim da amamentação e passar a movimentar-se sozinho pelas copas das árvores.

Preguiça-de-coleira e filhote

Seus principais predadores são aves de rapina, como a harpia e o gavião, além de felinos como as onças. Sua pelagem e a lentidão contribuem muito para a camuflagem em meio às folhas. Além disso, em seus pelos vive uma alga que, na época chuvosa, dá à preguiça-de-coleira uma aspecto esverdeado, facilitando ainda mais a camuflagem.

No entanto,os predadores não são seus maiores perigos e sim a destruição das matas onde vive. Sem árvores para ficar, esse animal fica sem alimento e abrigo. Então, elas têm de andar no solo em busca de novos locais, onde ficam suscetíveis à caça, atropelamentos, queimadas e predadores.
Espécie do Mês - Preguiça-de-coleira Espécie do Mês - Preguiça-de-coleira Reviewed by Túlio Lima Botelho on 19:16 Rating: 5

Nenhum comentário: